TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE PORCELANATOS
Blog Produto TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE PORCELANATOS

TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE PORCELANATOS

Escolher o piso é sempre um momento que gera muitas dúvidas e indecisão. O piso porcelanato é uma opção certeira e dificilmente você não vai gostar do resultado final.  Mas, antes de ir às compras, é importante entender um pouquinho mais sobre o famoso "piso frio".

Afinal, o que é um porcelanato?

Nada mais é do que uma placa de revestimento cerâmico com baixíssima absorção de água. Por ter muito pouca porosidade, possui alta resistência à abrasão e sua massa é homogênea. Para sua instalação, são utilizadas argamassas e rejuntes especiais.


Tipos de porcelanato 

POLIDO

É o mais comum e também chamado de porcelanato técnico. Possui brilho intenso e pode criar um ambiente bem interessante com o reflexo da luz. 

Vantagens:

- seu brilho é lindo para salas e quartos;

- fácil limpeza;

- camada protetora (gloss ou supergloss) usada pela maioria dos fabricantes que dá ainda mais brilho e protege de arranhões;

- alta resistência;

- baixa abrasão e absorção.

Desvantagens:

- por ter brilho espelhado é fácil de marcar (para quem gosta de andar com os pés descalços, por exemplo, pode ser um problema);

- possibilidade de riscos quando o brilho é excessivo (os que possuem camada supergloss são mais resistentes);

- é escorregadio quando existe umidade.


ACETINADO

Tem menos brilho e, como o próprio nome sugere, seu acabamento é acetinado. É menos cansativo à vista e tem um aspecto mais aconchegante.

Vantagens:

- alta resistência (menos brilho, menos chance de riscar);
- mancha menos (pode até ser utilizado dentro do box);
- menos escorregadio.

Desvantagens:
- não tem semelhança com pedras naturais (se você quer substituir granito ou mármore, ele não é o ideal);
- maior custo de mão-de-obra entre os pisos frios;
- difícil remoção (tenha certeza da sua escolha).

ESMALTADO

Esse tipo de porcelanato recebe uma camada de esmalte. Sua superfície pode ser lisa, áspera, brilhante ou matte. É muito importante você prestar atenção ao PEI (resistência do revestimento) – quanto maior o PEI, mais durável será o seu piso. O PEI varia de 1 a 5.

 

PEI 1: áreas de pouquíssimo atrito, como paredes.

PEI 2: indicado para ambientes com pouco fluxo, pois tem baixa resistência.

PEI 3: sua durabilidade é um pouco maior e pode ser colocado dentro de casa.

PEI 4: qualidade superior aos anteriores e pode ser aplicado em halls de entrada e salas.

PEI 5: é o melhor, com boa durabilidade e pode ser utilizado em lugares externos e com fluxo intenso.

Vantagens:

- diferentes tipos de acabamento;

- menor absorção de água,

- menos manchas;

- entre todos os tipos, é o mais fácil de cuidar e fazer a manutenção.

Desvantagens:

- se não forem levados em consideração a área que vai receber o piso e os diferentes tipos de PEI, o piso esmaltado pode se tornar uma dor de cabeça em função do seu desgaste.


O acabamento da forma do porcelanato pode ser:

*RETIFICADO – bordas retas para diminuir a aparência do rejunte entre as peças.

*BOLD – bordas levemente arredondadas, que deixam um espaço maior entre as placas – a cada dia menos usado, pois o rejunte mais largo suja mais.


Texturas e cores

São muito diversificadas e dependem de cada fabricante. Você vai encontrar desde os porcelanatos lisos e com uma cor só até aqueles que reproduzem madeira, mármore, couro, tecidos, cimento queimado etc.